Páginas

1 de fevereiro de 2010

Gostava de me chamar Alice


(...)

"Em parte porque sempre me fascinou o País das Maravilhas, onde nos podemos ajustar às portas... (...)E sobretudo porque às vezes, quando olho fugazmente para trás, numa tentativa dissimulada de reaver um pouco do passado, oiço o coelho branco dizer: é tarde… é tarde… é tarde…"




-RD
Enviar um comentário