Páginas

3 de março de 2013



E é nas sombras,

na matéria ausente
que se preenche uma vontade incerta
brota uma poeta
à medida que tomba.




Raquel Dias
Enviar um comentário