Páginas

25 de novembro de 2013

it all goes red

Apenas percepciono o vermelho, o sangue e a luxúria, o coração a pulsar pelo excesso de cafeína e as emoções demasiado pardas, o juízo ausente, toda eu mergulhada num escarlate lascivo, no fogo, no suco dos morangos que te escorre pela língua, no verniz, no toque, no sexo, a fuga e o reencontro adiado, eu sempre a deixar para depois, para nunca, reticencias…

RaquelDias
Enviar um comentário